Escolas com etapas educacionais exclusivas
Publicado em: 21/11/2017 ás 10:08:00

A Administração Municipal de Guarantã do Norte através da Secretaria Municipal de Educação Cultura e Desporto está projetando para o próximo ano alteração no funcionamento de duas escolas municipais no perímetro urbano.
Esta adequação tem por objetivo organizar as escolas por etapas, onde uma das escolas atenderá a demanda do ensino fundamental I que corresponde aos anos iniciais (1º ao 5º ano) e a outra atenderá especificamente aos adolescentes dos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano).
A equipe de profissionais da Secretaria de Educação vem estudando a ideia a algum tempo e entente que a implantação do projeto é um ganho para os estudantes que terão um ambiente educacional direcionado para as necessidades de sua idade. A escola de Beija-flor terá uma dinâmica exclusivamente voltada para o ambiente pedagógico para crianças de até 10 anos, enquanto que para os adolescentes a dinâmica deverá potencializar atividades que garantam o aprendizado e o desenvolvimento pleno do educando.
Além da equipe profissional e do ambiente físico adequado, as atividades recreativas e esportivas praticadas por uma criança de 06 a 10 anos são totalmente diferentes das praticadas por um adolescente de 11 a 15 anos. Neste sentido, a secretaria pretende investir implantando em cada uma destas escolas uma equipe de profissionais em conformidade com a faixa etária. Ao mesmo tempo preparar as escolas em suas estruturas físicas. 
A Escola Municipal Darcy Ribeiro receberá os estudantes do 6º ao 9º ano, já está recebendo investimentos para as práticas esportivas. A quadra poliesportiva está sendo reformada, o projeto para implantação de uma pista de atletismo, quadra de areia, campo de futebol sete e espaço para jogos de raciocínio e recreativos já estão em andamento. Os gestores da secretaria sobretudo, estudam a implantação num futuro próximo de salas temáticas para favorecer o aprendizado das múltiplas habilidades desenvolvendo assim, as capacidades e potencialidades de nossos estudantes.
A Escola Municipal Beija-Flor que atualmente possui um grande número de estudantes dos anos iniciais será preparada para atender com exclusividade a faixa etária até o 5º ano. Neste sentido, também será formada uma equipe de profissionais voltados para área pedagógica e os investimentos da secretaria também serão disponibilizados para essa finalidade.
Os principais objetivos das mudanças são aumentar a qualidade do ensino oferecido a esta faixa etária e promover o desenvolvimento social e intelectual destes, favorecendo o relacionamento de crianças com crianças e adolescentes com adolescentes.
“Esse é um projeto que já vem sendo pensado e trabalhado por toda equipe da secretaria a um bom tempo. Entendemos que, com a eleição dos diretores, coordenadores pedagógicos e articuladores é o momento oportuno para implementarmos esse projeto. Projeto este que tem por finalidade melhorar a qualidade de ensino das nossas crianças e adolescentes. Talvez crie algum transtorno para algumas famílias que tem filhos nas duas etapas de ensino mas, as duas escolas são bem próximas e isso logo será superado. O ganho na qualidade do ensino dos nossos alunos é muito importante e esse é o nosso objetivo.” Comentou a Secretária de Educação, Cultura e Desporto Diane Tonon Caovilla.
O novo Projeto também visa atrair as dezenas de crianças e adolescentes que diariamente colocam suas vidas em risco ao atravessarem a BR 163 e as duas paralelas para estudarem nas escolas do centro da cidade. A Escola Darcy Ribeiro vem enfrentando dificuldades e nos dois últimos anos perdeu mais de 30% de seus alunos. O projeto quer reverter esse quadro melhorando a qualidade no atendimento e tornando a escola atrativa para que os adolescentes do bairro e da região não precisem mais atravessar a BR para estudar.
Alguns pais são contra por terem filhos estudando nas séries/anos iniciais e finais e gostariam que estes ficassem juntos e também pela dificuldade de levar os filhos em dois locais diferentes. A respeito das crianças que estudam na Darcy Ribeiro a Secretária de Educação falou da possibilidade de ofertar transporte no percurso até a escola Beija Flor e vice versa. 
Há também muitos pais que manifestaram apoio ao projeto e disseram que é uma ideia que vai melhorar a educação e que já deveria ter sido implantado. “Isso já foi implantado no estado de São Paulo e deu certo, aqui já deviam ter implantado também”, comentou uma mãe em apoio ao projeto.
O novo planejamento vai beneficiar também aos professores que terão um vinculo maior com a escola, pois diminuirá a rotatividade e os mesmos não precisarão estar se deslocando para outras escolas para completar a carga horária.

Notícias relacionadas